Plantas para ambientes internos Posted abril 27, 2015

0

Excelentes itens decorativos, as plantas além de lindas, são capazes de transformar um ambiente com alegria e vida. É através da luz solar que elas produzem o próprio alimento, crescendo sadias e fortes. Mesmo em locais internos e com pouca iluminação, algumas plantas são capazes de florescer lindamente. São necessários apenas alguns cuidados que começam a partir da escolha da espécie. Veja alguns exemplos:

- Lança de São Jorge: essa planta deve ser mantida à meia sombra e regada em média a cada 15 dias. São resistentes e com folhas cilíndricas e verticais. Elas podem ser usadas para compor jardins de pedras e vasos em espaços internos.

- Violeta: com sua grande variedade de cores ela é uma planta muito decorativa. Pode ser cultivada em pequenos vasos e deve ficar exposta à luz indireta cerca de duas vezes na semana. É importante tomar cuidado para que a água não chegue até as folhas e flores.

- Lírio da Paz: como poucas, essa espécie consegue florescer na sombra, se adaptando muito bem em espaços internos. É necessário manter seu solo sempre úmido e adubado, evitando também contato direto com a luz do sol.

- Palmeira areca: ideal para seu cultivo em espaços fechados, sendo um dos tipos de palmeiras mais conhecidas. Mesmo havendo a possibilidade de serem expostas à luz direta, as folhas ficam mais bonitas se cultivadas à meia sombra. Não é recomendado deixar essa espécie em ambientes com ar condicionado.

- Antúrio: com flores belas, essa espécie é muito usada em decoração, sendo que nas áreas internas é recomendado cultivar em vasos e à meia sombra.

- Jiboia: uma das poucas espécies de trepadeiras que podem ser cultivadas em espaços fechados. A jiboia cresce apoiada em xaxins ou outras plantas com folhas coloridas e folhas verdes e pequenas. Precisa ser regada frequentemente deixando assim, a flor sempre úmida.

- Bromélia: seus tons de vermelho contrastam com o verde das folhas, sendo usada para decorar interiores. Elas precisam de uma claridade indireta e regadas a cada dois dias.

- Begônia: com folhas coloridas e formatos variados é um destaque para ambientes internos. A terra para ser cultivada deve ser bem fértil. A begônia precisa ser mantida em locais protegidos contra a luz solar, o frio e o vento.

- Jade: quando floresce apresenta uma bela cor verde azulada. É uma espécie fácil de cuidar e precisa receber luz solar direta por pelo menos um período do dia. Adapta-se aos solos que não sejam muito úmidos.

- Rosa de pedra: seu formato é parecido como o de uma rosa. É considerada uma planta suculenta, pois suas folhas e caules armazenam água. Tolerante ao sol, a rosa de pedra deve receber água uma vez por semana.

Gostou! Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Deixe seu comentário